Vote Em Nós

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Papa afirma ter incertezas em sua fé


CIDADE DO VATICANO, 30 Out 2013 (AFP) - Todo mundo, inclusive o Papa, tem incertezas e dúvidas sobre sua fé, mas isso não é motivo de preocupação, afirmou nesta quarta-feira o sumo pontífice argentino Francisco durante sua audiência geral.


"Todos experimentamos extravios, incertezas, dúvidas. Quem não experimentou? Todos, eu também! Faz parte da fé", afirmou diante de mais de 50.000 fieis de todo o mundo reunidos na praça de São Pedro, no Vaticano.

"Somos seres marcados por fragilidades e limites, não há por que preocupar-se", acrescentou.

Francisco também pediu aos fieis que rezem e "encontrem o valor e a humildade para abrir-se aos demais e pedir-lhes ajuda" em momentos de crise.

Com um enfoque muito diferente de seu predecessor, Bento XVI, Francisco se coloca no nível dos cristãos e assegura que quer ser um "papa normal", reconhecendo que é pecador, tem grandes defeitos, como ser desorganizado ou autoritário, e que cometeu erros e viveu crise morais.

Esta forma de apresentar-se é criticada por alguns crentes, que acham que o Papa, o vigário de Deus na Terra, não deveria descer de seu pedestal.

Fonte: http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/afp/2013/10/30/papa-afirma-ter-incertezas-em-sua-fe.htm?fb_action_types=og.recommends&fb_source=other_multiline

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Constrangimento e proibição: o custo de ser transexual na hora de prestar o Enem


Segundo dados do Ministério da Educação, 5,05 milhões de estudantes prestaram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no último fim de semana (26 e 27). Algumas histórias foram contadas em detalhe, caso daqueles alunos que chegaram atrasados e perderam a prova, de outros que foram flagrados fotografando a prova e toda ordem de acasos e infelicidades que acontecem num evento envolvendo tanta gente jovem.
Um pequeno grupo passou por situação ainda mais delicada: por serem transgéneros, foram impedidos de entrar no local do exame ou sofreram vários tipos de constrangimento enquanto faziam a prova.
Falsidade ideológica foi a acusação contra um jovem que preferiu manter sua identidade em segredo na página “Homens Transexuais”, onde relatou seu infortúnio. Como seu RG contempla o nome feminino de batismo e sua foto pré-adequação de gênero, o documento não foi aceito e ele não conseguiu fazer a prova. Procurado pela reportagem, o jovem não respondeu aos pedidos de entrevista.


sábado, 26 de outubro de 2013

Petistas chamam governo Dilma de 'conservador'

Revoltados, petistas se queixaram de Temer, do senador José Sarney e mais políticos. (Foto: REUTERS/Ueslei Mar …

 Críticas ao governo Dilma Rousseff, pregações contra a aliança com o PMDB e inconformismo com o leilão do campo de Libra marcaram o último debate entre os seis candidatos à presidência do PT, na noite de quinta-feira, em Brasília. O vice-presidente da República Michel Temer (PMDB) chegou a ser chamado de "sabotador" por um dos concorrentes e a administração de Dilma foi definida como "conservadora" e de "instabilidade" econômica.

MEC vai monitorar redes sociais durante Enem; candidato que postar será eliminado




Brasília - O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, reforçou hoje (25) que o candidato que postar fotos ou mensagens em redes sociais no local de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será eliminado. Uma equipe do ministério vai monitorar redes como o Twitter e o Facebook. "No ano passado, identificamos usuários em questão de minutos", disse Mercadante. O Enem será aplicado amanhã (26) e domingo (27) a mais de 7,1 milhões de candidatos em 1.161 cidades em todo o país.

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

PT comemora Ibope e PSDB fala em mudar estratégia


O PT comemorou o resultado da pesquisa do Ibope, afirmando que a sociedade brasileira quer a reeleição da presidente Dilma Rousseff. Para o PSB, o governador Eduardo Campos foi o único pré-candidato a crescer 150%. Já o PSDB afirmou que é preciso mudar a estratégia de campanha para forçar o segundo turno na eleição presidencial do ano que vem, visto que a ex-senadora Marina Silva está fora da disputa.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

O que é o feminismo?

Jomarri - Arjuna Iua

Para se entender o que é o feminismo é preciso voltar ao inicio do caminho civilizatório da humanidade. Ou seja, é preciso entender milênios de machismo e suas consequências. Quero dizer que o feminismo é um paradigma assim como o machismo é. Enquanto o machismo provoca a superioridade do masculino, o feminismo é um modelo que pretende uma vida de afeto solidário.

domingo, 20 de outubro de 2013

Acorda, mulher! A vida não é um fogão.

Dona Maria é uma mulher seca. Não de braço – estes, fortes, sustentam o mundo -, mas seca de vida. Quatro filhos, uma casa, uma mãe para cuidar e um marido violento. Operária, acorda cedo todos os dias. É explorada. Em casa, mais uma jornada de trabalho. Dona Maria não sabe, mas ela é uma dentre as muitas marias que vivem assim.
 A revolução interna, porém, inda que miúda, é o passo mais significativo para destruir a exploração – inclusive a doméstica. A consciência da injustiça, da secura de vida, da dificuldade dolorosa que rege a vida feminina em um complexo universo machista e misógino, fará marias arregaçarem as mangas da blusa, dobrar aventais e ir para a luta. “Lugar de mulher é onde ela quiser” e toda Maria deve querer estar às ruas; amar as ruas – sua segunda casa -, a foice e o martelo.

Saiba como economizar energia no horário de verão



O horário de verão, que começa neste domingo, dia 20, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, pode ser um bom aliado para economizar na conta de luz. Além dos dias mais longos, com hábitos simples o consumidor pode reduzir em até 15% o consumo de energia elétrica mensal.


sábado, 19 de outubro de 2013

Turma da Monica - Cinegibi

Homenagem aos 100 anos de Vinicius, o poetinha



                                                             Poema dos olhos da amada

 Vinicius de Moraes


Oh, minha amada

Que os olhos teus

São cais noturnos

Casal é multado após sexo oral em voo



Sexo oral nunca fez tão mal para o casal Christopher Martin, de 44 anos, e Jessica Stroble, de 33, dos Estados Unidos. Eles foram pegos no ato durante um voo entre Oregon e Las Vegas, em junho passado, e até hoje sentem as consequências.

Considerada uma das musas do esporte brasileiro, Thaísa revela: "Se der, quero transar no mar"


Musa do vôlei e um dos principais destaque da seleção brasileira, Thaísa continua encantando os marmanjos. Noiva do ator Rodrigo Medeiros, a jogadora do Molico/Nestlé costuma desfilar seu corpão pelas redes sociais. Por conta disso, a meio de rede se transformou em celebridade do esporte nacional.


Em entrevista ao portal UOL,Thaísa fez algumas revelações sobre sua intimidade e revelou uma fantasia sexual com o seu futuro marido.

"É uma coisa que a gente comenta. No mar, à noite, que é um lugar que a gente gosta muito. Ele é de João Pessoa, estamos pensando em ir para lá e ficamos com essa coisa de "será que dá? Será que não dá problema?". A gente gosta do mar, o luar é muito romântico… Se der, eu vou adorar", disse.

A musa comentou sobre a dificuldade de ficar sem fazer sexo durante competições mais longas, como o Grand Prix de Vôlei, quando chega a ficar até 40 dias fora de casa.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

A dura vida dos ateus em um Brasil cada vez mais evangélico

A parábola do taxista e a intolerância. Reflexão a partir de uma conversa no trânsito de São Paulo. A expansão da fé evangélica está mudando “o homem cordial”?
 O diálogo aconteceu entre uma jornalista e um taxista na última sexta-feira. Ela entrou no táxi do ponto do Shopping Villa Lobos, em São Paulo, por volta das 19h30. Como estava escuro demais para ler o jornal, como ela sempre faz, puxou conversa com o motorista de táxi, como ela nunca faz. Falaram do trânsito (inevitável em São Paulo) que, naquela sexta-feira chuvosa e às vésperas de um feriadão, contra todos os prognósticos, estava bom. Depois, outro taxista emparelhou o carro na Pedroso de Moraes para pedir um “Bom Ar” emprestado ao colega, porque tinha carregado um passageiro “com cheiro de jaula”. Continuaram, e ela comentou que trabalharia no feriado. Ele perguntou o que ela fazia. “Sou jornalista”, ela disse. E ele: “Eu quero muito melhorar o meu português. Estudei, mas escrevo tudo errado”. Ele era jovem, menos de 30 anos. “O melhor jeito de melhorar o português é lendo”, ela sugeriu. “Eu estou lendo mais agora, já li quatro livros neste ano. Para quem não lia nada...”, ele contou. “O importante é ler o que você gosta”, ela estimulou. “O que eu quero agora é ler a Bíblia”. Foi neste ponto que o diálogo conquistou o direito a seguir com travessões.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Uma Razão Pra Viver

A cretinice de quem vaza - e compartilha - vídeo íntimo

Fran, de Goiânia, teve um vídeo íntimo divulgado pelo ex-parceiro. As redes sociais compartilharam. Isso serve ao controle da sexualidade da mulher. Por Nádia Lapa
O sinal que a garota de Goiânia fez no vídeo virou "meme" na Internet, piorando a situação

Dilma: O professor é a base do desenvolvimento de um país

A presidenta Dilma Rousseff afirmou nesta terça-feira (15), em sua conta no Twitter, que o professor é a base do desenvolvimento de um país. Ao parabenizar os professores por seu dia, a presidenta disse ser filha de professora e que por isso aprendeu desde cedo a alegria de pensar, estudar e aprender.
“Transmitir o conhecimento é missão que precisa ser valorizada por toda a sociedade, especialmente pelos governantes (…) Educação de qualidade exige professores mais bem formados e melhor remunerados (…) O professor é a base do desenvolvimento de um país. Feliz Dia do Professor!”, afirmou a presidenta.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Veja o vídeo da Rússia que fez o mundo chorar

CONVERSAMOS COM PETRA COLLINS SOBRE SUA CAMISETA DA VAGINA MENSTRUADA

Esta é a camiseta com temática de menstruação mais controversa de todos os tempos, por Petra Collins. Imagem via American Apparel.
Minha amiga Petra Collins – que já fez várias fotos incríveis para a VICE, juntamente com o coletivo de arte só de mulheres que ela fundou e do qual faz a curadoria, o Ardorous – causou uma tempestade de controvérsia esta semana. Petra criou uma camiseta para a American Apparel com um desenho simples, retratando uma mulher de vagina peluda menstruada e se masturbando. E as pessoas que ainda não conseguem lidar com a sexualidade feminina chamaram a camiseta de “infame”, “nojenta”, “grosseira”, “repulsiva” e “eca, que porra é essa?”. A camiseta de $32 (pouco mais de 70 reais) recebeu destaque no Daily MailHuffington Post, naTime e num monte de outros blogs e meios de comunicação que tentaram “esclarecer” a tal controvérsia.

Facebook desativa "capa de invisibilidade" para usuários

SÃO PAULO – O Facebook anunciou a desativação da função que permite que os usuários se ocultem dos demais membros da rede social. A função, que foi apelidada de capa da invisibilidade, não evitava que pessoas acessassem os perfis protegidos caso o usuário fosse marcado em um post ou imagem, mas impedia que o perfil fosse encontrado caso alguém digitasse o nome na barra de busca.

Evangélicos mostram apoio ao movimento LGBT na concentração da Parada Gay

A concentração da 18ª Parada do Orgulho LGBT de Copacabana começou por volta das 13h deste domingo. Para receber o público que vai ao evento, a Prefeitura do Rio interditou algumas vias do bairro da Zona Sul.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio, estão interditadas a pista junto aos prédios da Avenida Atlântica, no trecho entre a Rua Joaquim Nabuco e a Avenida Prado Júnior. Neste trecho, moradores deverão evitar trafegar com veículos no horário entre 14h e 20h.

Sorria! Você está sendo hackeado

domingo, 13 de outubro de 2013

Mulher homofóbica é deserdada pelo próprio pai em carta emocionante

Após descobrir que a filha havia deserdado o próprio neto, pai de família reagiu de forma impressionante. 


                             Pai enviou carta emocionante para filha homofóbica. (Foto: Reprodução)


“Querida Christine, 

estou decepcionado com você como filha. Você tem razão quando diz que temos uma ‘vergonha na família’, só está errada sobre quem é. Expulsar o Chad de casa apenas porque ele lhe contou que era gay é a verdadeira ‘abominação’ aqui. O que vai ‘contra a naturez’ aqui é uma mãe que deserda seu filho. A única coisa inteligente que eu ouvi você dizer é que ‘não criou seu filho para ser gay’. É claro que você não o criou para isso. Ele já nasceu assim, e não escolheu isso mais do que escolheu ser canhoto. No entanto, você fez a escolha de ser ofensiva, mente pequena e retrógrada. Então, já que estamos falando sobre deserdar filhos, aproveito este momento para dizer adeus à você. Tenho um neto fabuloso (como os gays dizem) para criar agora, e não tenho tempo para uma filha sem coração. Se você encontrar esse coração, ligue para nós. – Papai.”

Essa carta foi divulgada na última segunda-feira, dia 30 de setembro, na página da organização de jovens pró-gay FCKH8 no Facebook, tendo recebido mais de 5 mil compartilhamentos, 11 mil “curtir” e 600 comentários. O porta-voz da FCKH8, Luke Montgomery, conversou com o avô e neto para confirmar a veracidade da carta. "Recebemos e-mails de fãs das nossas camisetas de todas as partes do mundo, e eles querem compartilhar a carta no Facebook e espalhar essa mensagem em nome da nossa causa”, contou Montgomery ao Yahoo. "O adolescente que nos enviou essa carta possui uma de nossas camisetas com a frase: “Alguns caras se casam com outros caras”. Enviaremos ao avô a camiseta: “Heterossexual contra a homofobia”. Simplesmente por ele ter sido um exemplo tão incrível e inspirar muitas pessoas, mesmo que por acidente."

Muitos pais entendem seus filhos e expressam seu amor incondicional de diversas formas, desde escrevendo cartas sinceras até postando atualizações no Facebook, que rapidamente se tornam virais. Em setembro, quando Michelle Conway McClain, de Union, Missouri, descobriu que seu filho havia assumido sua homossexualidade no Facebook, postou uma resposta em seu próprio perfil: "Zach, fiquei surpresa com o post no qual você se assumiu. Gostaria que você soubesse que eu amo você incondicionalmente. Amo você não apenas com minhas palavras, mas com minhas atitudes também. Estou muito orgulhosa. Você é a pessoa mais corajosa que conheço. Vou lutar por você sempre. Sua orientação sexual não o define. Você ainda é o garotinho que conquistou meu coração para sempre. A única coisa que me preocupa é a quantidade de latas de chá e refrigerante vazias no seu quarto. Jogue-as fora antes que fique tudo cheio de formigas. Te amo para sempre, Mamãe."


Em março, um pai que escutou seu filho questionando como revelar sua sexualidade o surpreendeu com este bilhete: "Eu ouvi sua conversa com Mike sobre seus planos de se assumir para mim. A única coisa que preciso é que você ser organize para trazer suco de laranja e pão depois da aula. Nós somos pais assumidos, também. Eu sei que você é gay desde que tinha seis anos, e amo você desde que nasceu. PS: Sua mãe e eu achamos que você e Mike são um casal fofo." A carta também foi postada na página da FCKH8. 


Em janeiro deste ano, uma garota de 15 anos chamada Laurel assumiu sua homossexualidade para seus pais ao fazer um bolo com uma mensagem que terminava com a seguinte frase: "A aceitação de vocês seria a cereja do bolo”. Depois, claro, a família comeu o bolo unida. 


Goji Berry, você conhece?

A Super Fruta

      Estudos comprovam os inúmeros componentes benéficos do goji berry. (Foto: ThinkStock)



Goji Berry já é utilizado pelos chineses há milhares de anos como medicamento. Estudos nos últimos anos comprovaram seu alto poder medicinal e nutricional, o que tornou o fruto sensação entre os que buscam fortalecer o organismo e alimentar o corpo de forma saudável e natural. 

American Journal Of Clinical Nutrition mostra pesquisas realizadas em ratos, onde foi possível imunizar e curar H1N1 administrando a fruta. Isso comprova um de seus inúmeros componentes benéficos.
O quilo da fruta seca chega a R$ 350. No entanto seus benefícios são muitos, veja:
Com todos esses pontos a favor, é possível avaliar que o goji berry evita o envelhecimento, o cansaço físico e mental. Também é anticancerígeno, auxilia no ganho de massa magra, protege os olhos. Tem funçao anti-inflamatória, previne doenças do coração e diabetes, controla os níveis de colesterol, aumenta a imunidade, é estimulante e revigorante.
Como consumir:
  • Sucos: 1 colher (sopa) em 200ml de água, iogurte desnatado ou integral batidos no liquidificador;
  • Cápsulas: 2 vezes ao dia (a fruta seca tem mais nutrientes do que as cápsulas;
  • Pura: 1 colher de sopa da fruta seca tem em torno de 40 caloria;
Usando a criatividade é possível incrementar gelatinas, roscas, bolos, cremes.
Pode ser encontrada em lojas físicas ou virtuais de produtos naturais.
Consumir a fruta é um investimento na saúde. Concorda?

Depilação aumenta chances de contrair doenças

    Foto: IStock



A crescente paranoia por retirar todos os pelos do corpo, principalmente os pubianos, já está dando sinais de perigo. Médicos dizem, há anos, que pelos são importantes para a proteção do corpo, mas agora começaram a mergulhar mais profundamente neste assunto.
Um trabalho francês, que será publicado no periódico Sexually Transmitted Infections, teve resultados preliminares assustadores. Mesmo com uma amostragem baixa, 30 pacientes, já obtiveram resultados alarmantes.
Ao buscar entender o aumento agressivo da contaminação de adultos por todo o mundo por uma infecção causada pelo vírus "Molluscum contagiosum" – que provoca manchas que se parecem com pérolas e é comum em crianças – os pesquisadores chegaram aos resultados de que dos 30 pacientes (6 mulheres e 24 homens) que visitaram a clínica com a doença sexualmente transmissível, 93% tinham retirado seus pelos pubianos. Lâmina (70%), tesoura (13%) e depilação (10%) foram os métodos utilizados.
Desses 30 pacientes, dez apresentavam verrugas, infecção bacteriana ou os dois problemas.
A conclusão preliminar é que a remoção de pelos pubianos aumenta o risco de contrair o vírus ou outras infecções de pele transmitidas pelo sexo. A explicação é que pequenos cortes na pele - que nem são percebidos, mas acontecem durante a depilação – são a porta de entrada para vírus e bactérias.
Especialistas sem participação na pesquisa, mas ouvidos pelo The Huffington Post concordam com a teoria. "O corpo tem uma série de mecanismos de defesa para evitar a infecção. Um desses mecanismos é a pele normal, saudável" explicou Robert Brodell, chefe de divisão de dermatologia da Universidade de Mississippi, nos EUA.
Para o chefe da divisão de doenças infecciosas da Universidade Johns Hopkins Bayview, Jonathan Zenilman, a problemática faz sentido. Ele ainda acrescentou que o vírus do herpes, por exemplo, é conhecido por ser mais transmissível quando há pequenos traumas na pele durante o sexo.
Outros fatores de risco para contrair doenças com ajuda da depilação são feridas abertas, compartilhar toalhas, lençóis e roupas íntimas.

sábado, 12 de outubro de 2013

18ª Parada do Orgulho LGBT-Rio aconte domingo em Copacabana

No próximo domingo (13), a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA) e o Instituto Estadual do Ambiente (INEA) participarão da 18ª Parada LGBT-Rio, na orla de Copacabana. Promovido pelo Grupo Arco-Iris de Cidadania LGBT e Instituto Arco-Iris, o evento, que este ano traz o tema “Somos milhões de vozes”, promete reunir um milhão de pessoas. Onze trios elétricos animarão a festa, a partir das 13 horas. 

A SEA e o INEA terão uma tenda aberta ao público desde as 9 horas, no Posto 5. Na tenda, serão apresentados diversos programas da Secretaria, entre eles o Ambiente Saudável é Ambiente sem Homofobia, que integra o Programa Ambiente em Ação, da Superintendência de Educação Ambiental (Seam/SEA). A ideia é mostrar as diferentes interfaces que a Educação Ambiental tem com a pauta LGBT.

Já no ano passado, na tenda da SEA, foram realizadas diversas ações de educação ambiental: oficinas de moda sustentável, compostagem, reciclagem de computadores, reaproveitamento de óleo e resíduos, entre outras. Este ano, haverá ainda distribuição de mudas de viveiros comunitários e oficinas de aproveitamento integral de alimentos.

Combate ao preconceito

Segundo os organizadores da Parada, este ano o evento vai lembrar os principais avanços em políticas públicas e garantias de direitos civis à população LGBT, além de apontar a alta incidência de crimes de homofobia no Brasil.

Autor da lei estadual 3406/2000, que vigorou por 12 anos, proibindo a discriminação em ambientes públicos e privados, o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, defende que a educação é fundamental no combate à homofobia. “Temos que romper com os velhos paradigmas e criar uma nova cultura de respeito à diversidade”, diz. A lei 3406/2000 foi derrubada pela Justiça em 2012 e um novo texto foi concebido na forma do Projeto de Lei Estadual 2.054/2013.

Malu Verçosa e Daniela Mercury casam-se hoje


Aliança do casamento terá flores de brilhantes

Daniela Mercury vai casar hoje (12) com Malu Verçosa. Elas optaram por uma festa “íntima” para cerca de 250 convidados. A decoração vai ter muitas flores, assim como as alianças. O designer de joias, Carlos Rodeiro, afirmou que as alianças são clássicas, de ouro com o junto com Malu, sobrinha da cantora de 16 anos. Uma ausência será sentida: a .filha ddetalhes de flores em brilhantes.
De acordo com informações do “Diário de São Paulo”, a cerimônia acontecerá na mansão de Daniela, onde ela já vive com Malu na Bahia. Gabriel Póvoas, filho da cantora, vai cantar durante a cerimônia e Daniela, a atriz Giovana Póvoas, vai estrear um espetáculo em São Paulo e não estará presente.

Curta - Eu Não Quero Voltar Sozinho

A cura

Representações de Gênero na Publicidade (Legendado)

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Americana processa policial após agressão brutal em delegacia




Uma norte-americana entrou na Justiça após ter sido brutalmente agredida por um policial. Detida por dirigir embriagada em março deste ano, Cassandra Feuerstein, de 47 anos, foi levada para um Departamento de Polícia em Chicago, onde sofreu o abuso. 


O caso foi registrado pelas câmeras de segurança da delegacia. Após conversar com um dos agentes dentro da sala, Cassandra saiu do local para pedir permissão para telefonar para sua família. 

Irritado, o policial Michael Hart a empurra em seguida com violência e ela bate a cabeça no banco de cimento, fraturando diversos rostos da face. As imagens são fortes.

Cassandra afirma que precisou realizar uma cirurgia para reconstruir a face, além de ter que colocar uma placa de titânio na região da bochecha. “Um homem que faz isso com alguém que claramente não apresenta nenhuma ameaça para ele pode ser perigoso, principalmente diante do tipo de poder que ele tem”, disse o advogado da mulher, Torry Hamilton. 

O policial afirma que Cassandra prestou falsas declarações e ainda a acusa de ter resistido enquanto ele a levava de volta para a cela. O caso segue sendo investigado.


Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/americana-processa-policial-ap%C3%B3s-agress%C3%A3o-brutal--em-delegacia-210711350.html

ARARA NANAN


Poema de Darlon Silva / Ilustração de Juca Lordelo

Rubem Braga me disse que as cores não existem na pena do pavão, estão elas no coração, assim quando há ação no prisma é que existem cores. Mas não acredito nessa teoria, as cores realmente estão no corpo que corre. É absolutamente o paradoxo da flecha voando que perturba Zenão de Eleia.


A cor surge do bater das asas e não da luz que se fragmenta. Dizemos que quando a arara voa ali reside um arco íris. Deus fez a arara para ter um exemplar com todas as cores. Mas ele adoeceu de catarata, seus olhos se azularam, enxerga agora com baixa visão.

Quem sabe um dia a arara ainda lembre ao próprio criador a diversidade das cores? Por que sabemos tão deformadamente o que são as cores? Pensamos que exista uma cor oposta a outra, que existe um tal branco que contém a multiplicidade em sua essência, mas que é um grave erro acompanhar esta perspectiva, uma submissão a Insanidade Maior.

Analisando essa teoria, chamada por mim de cegueira, são ordenadas as cores em pura loucura intelectual. Por exemplo, se divide em cores quentes e frias, como se as quentes fossem verdades e as frias aparências, o sol é quente, mas o mar é frio.

Quando se adentra na tradição de cultura popular veio mais fantasia ainda na tonalidade. Azul é masculino e rosa feminino, como se as cores possuíssem alma destinada no homem dominador e hipertrofiada na negação. O homem não pode ser uma arara autêntica, apenas se insistir as punições de castidade em uma arara azulada.

Devemos preservar as cores, pois elas estão extintas. Sempre (desde no ano zero), foram extintas, pouco visíveis. Importante guardar, pois a cor é como coringa. Estão em todos os corpos que correm, nos corações a bombear o sangue e ainda assim rara.

Querê Mundeus!

Darlon Silva,
Poeta.

Filha, mãe e neta puta...


                                                 Gabriela Leite Troféu Cidadania do Grupo Gay Glich de Feira de Santana
                                                       em 2009. Foto: By Lyz


A idealizadora da grife Daspu, Gabriela Leite, morreu de câncer, aos 62 anos, às 19h, no Rio. Ex-prostituta da Boca do Lixo, em São Paulo, da zona boêmia de Belo Horizonte e da antiga Vila Mimosa, no Rio, Gabriela estudou ciências sociais na Universidade de São Paulo (USP) e lutou pela regulamentação da profissão de prostituta. Será enterrada no sábado.
Em 1987, ela organizou o primeiro encontro nacional de prostituas, no Rio. Em 92, fundou a ONG Davida. Em 2005, Gabriela criou a grife Daspu, em ironia à Daslu, que foi a maior de artigos de luxo do país. Em 2010, foi candidata à deputada federal pelo PV.
Hoje o deputado Jean Wyllys apresentou no Congresso o projeto Gabriela Leite, que regulamenta a atividade dos profissionais do sexo.
-- Gabriela foi uma pessoa público muito importante, que fez diferença -- disse Flávio Lenz, assessor e amigo de Gabriela.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Quando homens e mulheres invertem os papéis


Trocando de lugar. Estudantes produzem vídeo no qual invertem os “papéis” femininos e 

masculinos em anúncios para mostrar como a propaganda perpetua representações equivocadas





Sarah Zelinski, Kayla Hatzel e Dylan Lambi-Raine, alunas do curso de estudos de 
gênero da Universidade de Saskatchewan, no Canadá, tiveram uma ideia criativa para 
expor a forma como a publicidade explora massivamente os estereótipos de gênero. 
As estudantes canadenses produziram um vídeo no qual invertem o papel de homens e 
mulheres em anúncios reais.


Quando acaba de apresentar os anúncios originais, o vídeo pergunta se o espectador achou os
 mesmos “ridículos”. Após o questionamento, são apresentados os anúncios com os 
“papéis” invertidos. O resultado é a sensação de que os estereótipos de gênero estão 
de tal forma culturalmente enraizados que o ridículo de explorá-los só se torna evidente com a 
inversão dos “papéis”.
O vídeo, intitulado ‘Representations of gender in advertising’ (‘Representações de 
gênero na propaganda’), ainda apresenta estatísticas quanto aos números da violência de
 gênero no Canadá e os relaciona com a representação da mulher nos anúncios publicitários.
“Algumas campanhas retratam a mulher como altamente sexual e submissa. E o 
homem, como dominante e agressivo”, diz Sarah Zelinsky.

Parte da Via Expressa cede após forte chuva em Salvador


Parte da Via Expressa cedeu nesta quinta-feira, 10, por conta da forte chuva que atinge Salvador desde esta quarta-feira, 9. A via seria inaugurada nesta terça, 8, com a presença da presidente Dilma, mas o evento foi adiado.

De acordo com a internauta Suzana Quadros, a pista alagou nesta manhã e acabou não resistindo. A via está em fase de conclusão e vai ligar a BR-324 ao Comércio, passando pela Rótula do Abacaxi, Barros Reis e Cidade Baixa.

A Via Expressa terá 4,3 quilômetros de extensão, contando com dez faixas, sendo seis para tráfego urbano e as demais para circulação de veículos pesados. Os governos estadual e federal investiram R$ 480 mil na obra.

(Fonte: A TARDE)

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Libertem Ana Paula. Libertem nossos Ativistas






(Foto: © Dmitri Sharomov / Greenpeace) 

A brasileira Ana Paula Maciel será mantida em prisão preventiva por 2 meses após protesto pacífico. 


Um grupo de 28 ativistas do Greenpeace Internacional e dois jornalistas estão presos na Rússia suspeitos de pirataria. Entre eles está a bióloga brasileira Ana Paula Maciel, de 31 anos.

O grupo foi preso no dia 19 após um protesto pacífico contra a exploração de petróleo no Ártico, em uma plataforma da Gazprom, no mar Pechora. Todos eles podem ser condenados a até 15 anos de prisão.

Precisamos de sua ajuda para levar Ana Paula, os ativistas e jornalistas de volta para casa. Envie uma carta à presidente Dilma e ao embaixador da Rússia no Brasil Sergey Pogóssovitch pedindo a intervenção deles junto às autoridades russas.
Você também pode ligar para a Embaixada ou para os Consulados do Rio de Janeiro e São Paulo para pedir a libertação da nossa ativista Ana Paula.

Embaixada da Rússia:  (61) 3223.3094/4094
Consulado Geral da Rússia em São Paulo: (11) 3814.4100
Consulado Geral da Rússia no Rio de Janeiro: (21) 2274.0097

ONU: países repudiam violência contra população LGBT

Brasília - Durante encontro na 68ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, nos Estados Unidos, representantes de diversos países discutiram medidas para eliminar a violência e a discriminação das pessoas devido à sua orientação sexual e identidade de gênero.

Após a reunião ocorrida na tarde de hoje (26), os ministros declararam sua “convicção” de que direitos humanos são inalienáveis a todas as pessoas, e firmaram compromisso em acabar com abusos e violações no nível doméstico e global. Segundo o texto, lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT) “devem ter a mesma garantia referente aos direitos humanos que o restante da população”.

Delegações da Argentina, do Brasil, da Croácia, de El Salvador, da França, de Israel, do Japão, da Noruega, Nova Zelândia, dos Estados Unidos e Países Baixos estiveram na reunião e elaboraram um texto com 16 pontos sobre o tema.

O documento considera “uma tragédia que, na segunda década do século 21, relações sexuais adultas, consensuais, entre indivíduos do mesmo sexo, continuem a ser criminalizadas em muitos países”, e condena a atitude de alguns países de expor milhões de pessoas ao risco de prisão e até a pena de morte.

“Essas leis são inconsistentes com as obrigações e os compromissos de direitos humanos dos Estados, e podem levar a violações de proibições contra prisões arbitrárias ou detenção e tortura, e em alguns casos, do direito à vida”. Essa possibilidade se refere ao Pacto Internacional de Direitos Civis e Políticos, aprovado pela Assembleia Geral da ONU, em 1966, e adotado pelo Brasil, no qual consta que ninguém poderá ser submetido a detenção ou prisão arbitrárias.

Além do repúdio às discriminações legais adotadas por alguns países, os ministros condenam violências cometidas individualmente por homofóbicos. “Em todas as partes do mundo indivíduos LGBT são sujeitos a intimidação, ataques físicos, violência sexual, e, até mesmo, homicídios”. Ao comentar esses casos, os ministros incluíram os próprios países que assinam o documento como exemplos de locais onde ocorrem essas violações.

Apesar das críticas, as nações ressaltam avanços na proteção a indivíduos LGBT, como a criação de legislações contra crimes de ódio e violência homofóbica. “Desde 1990, cerca de 40 países aboliram sanções penais discriminatórias que eram usadas para punir indivíduos por conduta sexual consensual com indivíduos adultos do mesmo sexo”, diz o documento.

A declaração dos países também presta homenagem aos defensores de direitos humanos LGBT, ressaltando que o trabalho deles, “frequentemente desempenhado à custa de risco pessoal considerável, tem importância crucial para a documentação de violações de direitos humanos e o apoio às vítimas e a sensibilização de governos e da opinião pública”.

Além disso, ações da própria ONU são ressaltadas pelos ministros. Segundo o documento, os esforços do secretário-geral, Ban Ki-moon, e da alta comissária para os Direitos Humanos, Navi Pillay, têm tido sucesso na conscientização global para o assunto e na busca de apoio a medidas de combate à violência contra lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros. Ambos já apelaram a países para que entrem na luta contra práticas homofóbicas e transfóbicas.

Por fim, os representantes dos países signatários dão como urgente a necessidade de reação dos membros da ONU acerca do assunto, e exorta “todos os membros das Nações Unidas a rejeitar leis discriminatórias, aperfeiçoar respostas à violência motivada pelo ódio e assegurar proteção jurídica adequada e apropriada da discriminação em razão da orientação sexual e identidade de gênero”.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Festa em barco e boate são opções de eventos para público LGBT em Foz



Apesar de ser um dos destinos turísticos mais procurados do país, Foz do Iguaçu não possui muitas opções para de eventos e casas voltadas ao público LGBT, tanto para turistas como para moradores. Com a proposta de mudar este cenário, todos os meses uma nova festa tem obtido notoriedade. 


Em sua 10ª edição, a Cherry On Board tem inovado com a realização da festa friendly (para o público LGBT) a bordo do Kattamaram. O evento já acontecia antes como Cherry Iguassu no Sandia Party Bar. A característica principal é a presença de Djs que fazem parte do circuito alternativo nacional e internacional, além da presença de gogo dancers.


Quem já participou aprova e garante que Foz tem espaço para evento do gênero. É o caso de Ralf Smaha, diretor de marketing do Casa Foz Design. “Foz do Iguaçu é uma cidade multicultura e da diversidade, recebemos turistas do mundo todo, a festa proporciona um ambiente de descontração e integração entre diversas tribos e pessoas”, avalia.



Para Fanny Mencato, do Canal SAP, a cidade ainda é carente de opções para este tipo de público, o que faz com que muitos procurem outras cidades para se divertirem. “Temos um público LGBT bem expressivo e era um mercado mal explorado, na verdade ainda é pouco explorado principalmente no quesito turismo. A galera acaba indo a Cascavel, Paraguai e Argentina”, explica.


No Brasil, alas LGBT são criadas em presídios para reduzir violência contra homossexuais


A divisão de detentos nas penitenciárias brasileiras ainda é um tema polêmico no Brasil. Isso porque falta espaço para a realização dessa atividade e o nível de violência interna se torna alta quando você une presos de diferentes crimes e organizações no mesmo espaço. Uma bomba-relógio é a situação que vive todos os dias diversos presídios brasileiros.







Para minimizar essas ações violentas, algumas cadeias que funcionam nos estados de Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraíba, Mato Grosso e Bahia estão implantando novas alas que separam o público LGBT(lésbicas, gays,bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros) do restante da população carcerária. A justificativa é que essa minoria acaba sofrendo com o mesmo preconceito que atinge o dia a dia do cidadão livre, onde são espancados e abusados sexualmente.





De acordo com a assessoria da SGAP, o Estado não tem condições de assumir tal compromisso já que possui outras prioridades de administração. “Não temos estrutura para separar por crime e faixa etária. O que podemos separar dentro das unidades é em caso de rixa entre gangues. E é assim que nós fazemos. É tanto que desde 2009 nós registramos uma grande queda no número de mortes dentro do sistema prisional”, destaca a Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP).





Ainda segundo a assessoria da SGAP, unidades somente são separadas pelo sexo, no caso do Presídio de Santa Luzia para mulheres, e do Centro Psiquiátrico Judiciário (CPJ) para quem possui sociopatias ou psicopatias. “Mesmo assim, em geral, nós temos trabalhos voltados para as famílias dos presos”, salienta.





Já para o presidente do Grupo Gay de Alagoas (GGAL), Nildo Correia, medidas desse tipo que estão sendo utilizadas em outros estados são importantes somente como forma preventiva. “Não é o ideal, mas dada a situação de violência em que vivemos, esse tipo de medida acaba se tornando necessária também para Alagoas no intuito de garantir a integridade física e moral dos detentos”, diz Nildo.





Entre os tipos de violências registrados por trás das grades, Nildo destaca a cobrança de pedágios, a obrigação em ter relações sexuais e a utilização do homossexual como “moeda de troca”. “Acaba se tornando uma forma preventiva de evitar grandes rebeliões, mas ainda assim o que resolveria o problema seria a realização de um trabalho de conscientização para a população carcerária com políticas sócio-educativas, e não necessariamente a exclusão ou a criação de uma unidade extra”, avalia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...